8 de agosto de 2010 | By: Fidelis di Luigi

Quero minha Bahia de Volta !!!

Um dia desses, saí acompanhando Cláudia (minha filha) até o comércio, exatamente na praça da Inglaterra. Nós morando em Lauro de Freitas, na Praia de Ipitanga, pegamos um Buzú em Vilas do Atlântico e após 2 horas de viajem chegamos. Resolvido o assunto da viajem, programamos subir Elevador Lacerda. 
 
Vista do Elevador Lacerda
No caminho, lá ia eu olhando e reclamando... "Puxa filha , como isto está acabado!" Ainda olhando para o prédio centenário a nossa esquerda, o lindo casarão de 1828, porém degradado e abandonado, disse.. "Ainda bem que tem um tapume, deve estar em reforma... Deus queira..."  De repente... Cuidado!!! um buraco na calçada. Puxa como este passeio está intransitável, pensei... No momento seguinte estamos passando na praça do Mercado Modelo, com muitas barracas de artesanato em volta do monumento da praça e.... Susto!!! Dentro do cercado que protege o monumento, vi uma barraca de acampamento com pessoas ali morando!!! Tirei foto... Subindo o elevador, pagamos R$ 0,15 centavos a passagem . "Viu? Ainda vale muito nosso Real."

Barraca de acampamento no monumento histórico
 
Na parte alta da cidade, olhamos os casarões que saem do elevador para a rua Guindaste dos Padres, ainda na cidade baixa. Todos eles destruidos, sem asseio, degradados e principalmente sem segurança para os pedestres.
 
 
Olhando essa rua por onde transitei muito na minha juventude, pois ali estava uma casa comercial da nossa família, a Casa Sarno Ferragens. Pensei ... Hoje o melhor é demolir e abrir uma rua por ali até a Guindaste dos Padres onde está o bonde chariot revitalizando, assim aquele pedaço de rua também reviverá e mantendo o restante como patrimônio histórico... 
 
Fachada da Casa Sarno Ferragens
 
Mas pelo que vi neste passeio um pensamento urge... Quero minha Bahia de volta!!!

2 comentários:

esculturas de gerson lima disse...

Fidelis.
Foi uma grande idéia dar eeste passeio no Centro Histórico. Imagine que esta parte visitada por você e sua neta, ainda é considerada como "Cartão Postal"...e as outras menos divulgadas, como vemos, estão desabando, matando pessoas e sendo esconderijo para marginais e usuários do crack.
Se vc der um passeio na orla, que agora está sem as faveladas barracas, vc sente inveja de não termos uma orla bem projetada como a de Atalaia em Aracajú. Estava pensando...porque não pegam aquela área do Casquinha de Siri mais o estacionamento, e estende barracas bem feitas e bem padronizadas como as de Atalaia e outras que servem de grande exemplo?
Não vi ainda a demolição do Casquinha de Siri, será que está sendo privilégio de alguém?
No largo de Amaralina tinha um Quiosque muito legal, paravam onibus para fotos com as baianas, hoje, aquelas lonas brancas, matou o local...e adiante, começa a fila exclisiva de ônibus, se não quiseres ser acidentado naquele pedaço, mantenha distância da faixa, pois o ônibus não cabe na própria faixa, o que ocorre grandes batidas, isto tudo para fazer aquelo calçadão. Preste atenção.
Mais adiante, tem aquela passarela que mais parece uma ferradura que está caindo as pastilhas nos carros que passam em baixo, e o ferrugem das estruturas estão aparentes, sem contar com o abandono do jardim dos namorados.
Como vc pode concluir, não é apenas o Centro Histórico, mas toda a cidade com a administração do pior prefeito que já tive oportunidade de ver governando....UMA VERGONHA.
Gerson Lima

Fidelis di Luigi disse...

Obrigado primo por participar deste meu projeto... E faço de suas palavras , as minhas... Para o zelador das cidades é importante em 1º lugar MANTER o que tem e depois..... Outras observações virão. Abraços...